IlustraCast – Crescer Dói

Porque é tão difícil mudar e o quanto isso ajuda no nosso crescimento

Por que será  que é tão difícil mudar e começar a fazer uma coisa nova, por que dói tanto sair do estágio que você está hoje pra ir para um próximo nível?

Com certeza você conhece alguém (ou você mesmo) que tem um monte de projetos na gaveta, ou a cada 10 minutos tem uma idéia que vai mudar o mundo ou te deixar rico, etc, etc, etc...

Pois é, mas 5 segundos depois dessa idéia sensacional, você começa a lembrar que a segunda feira vai chegar e você vai ter que voltar pro seu trabalho, as contas vão chegar e você acaba deixando esse projeto revolucionário pra depois.

Eu sei bem como é isso...

Crescer dói, a subida de nível é difícil, cheia de obstáculos e cansativa, parece que tudo conspira pra que você volte pra baixo, pro lugar aonde você estava que, mesmo estressante e chato, não te exigia tanto esforço. Esse lugar se chama Zona de conforto e, apesar do nome acolhedor, é um convite à estagnação.

Estar na zona de conforto é se contentar com o que tem (sendo bom ou ruim), é o famoso "deixa a vida me levar"

Nesse episódio do Ilustracast eu falo um pouco sobre a dor da mudança e dou algumas dicas de como transformar tarefas doloridas do crescimento em um hábito diário.

Aqui vão os links que eu cito nesse episódio

Desenhabilidade

21 vídeo aulas, 21 desenhos diferentes pra você praticar por 21 dias e fazer da prática do desenho um hábito, você pode acessar e participar gratuitamente através do site desenhabilidade.com.br

Eu bati um papo com a Bel Pesce sobre desenho e produtividade, aqui vai um trecho do vídeo que você pode ver na integra todos os detalhes desse movimento que a gente criou.

Clica, assite e participa, desenhando e compartilhando #SomosTodosDesenhistas

Se quiser saber mais sobre o trabalho da Bel é só acessar belpesce.com.br (o Podcast da Bel é SHOW, vale a pena assinar lá no Itunes)

Quer começar a Aprender a Desenhar AGORA?

Compartilhe:

Ilustrador, Professor, Palestrante e Empreendedor. Apaixonado por Futebol, Música e Família, não necessariamente nessa ordem.