Moana nem chegou ao cinema, mas já cria muita polêmica

Moana é já chegou causando polêmica

A Disney tem muitas princesinhas melancólicas e românticas. Porém, a próxima delas é uma garota praieira e desbravadora.

Moana só chega às telonas em três meses, mas já acumula algumas polêmicas e muitas críticas.

Continue lendo e descubra as principais controvérsias protagonizadas pela maior empresa de entretenimento da atualidade em seu futuro filme, dos diretores de A Pequena Sereia e Alladin.

Quem é o príncipe de Moana?

moana feminista Filme Moana é feminista. (Reprodução: JIN KIM/DISNEY)

Moana é uma garota de 16 anos que vive na Polinésia há 2000 atrás. Descendente de uma antiga linhagem de navegadores, ela sai em busca de uma ilha mágica sobre a qual sua avó contava muitas histórias.

Indomável, sonhadora e apaixonada. Pela aventura. Moana não tem príncipe e o filme não tem romance.

Afinal, você acha que uma menina valente, poderosa e desbravadora não tempo para ficar esperando seu príncipe encantado chegar enquanto vive uma vida atrasada e passiva?

Não é o que a Vogue acha. E o feminismo é a primeira polêmica da animação.

Meio porco, meio hipopótamo

Na trama, Moana conta com a ajuda do semideus Maui, uma figura icônica da mitologia local. As lendas dizem ele é muito forte e poderoso, e criou as ilhas do Pacífico depois de pescá-las do Oceano.

Talvez, para a Disney, forte quer dizer gordo. Essa é a crítica de muitos polinésios nas redes sociais. Eles defendem que a empresa tenha estereotipado os polinésios segundo a visão comum dos brancos.

Um meme até disse “três dos homens mais atraentes em Hollywood são polinésios, mas o Maui da Disney é meio porco e meio hipopótamo”:

moana-meme

Só que dados da OMS de 2014 afirmam que a população das ilhas do Pacífico está entre as mais obesas do mundo mesmo. E nem todos acham que Maui foi retratado de forma inadequada.

Na verdade, alguns defenderam que a versão cartunizada do guerreiro não parece obeso, mas sim um homem com grande potência e capaz de fazer trabalhos extraordinários.

Buscando provar isso, um desenhista samoano detalhou uma série de características presentes na representação da Disney que fazem de Maui forte e poderoso. Acompanhe a imagem a seguir:

  1. Os músculos apresentam apenas massa sólida em vez de definição. Força funcional (não simplesmente estética).
  1. Peitoral “monstro” arredondado: reminiscente dos antigos levantadores de peso.
  1. Corpo brutão, representando poder e força.
  1. Relação tronco x pernas exagerada para visual cômico (tipo The Sidekick).
  1. Dublagem pelo The Rock, o que vai ficar tipo um fanfarrão falador de The Sidekick.

Aliás, a parte a dublagem é interessante. A Disney procurou pegar pessoas que se identificassem com as etnias dos personagens.

moana-dubladores

Auli’i Cravalho não só dá a voz a Moana, mas é muito parecida com ela. Já o dublador de Maui é The Rock.

Descendente de polinésios, Dwayne “The Rock” Johnson já protagonizou vários filmes, tais como Terremoto: A Falha de San Andreas, Velozes e Furiosos, O Fada do Dente e Treinando o Papai.

“Nossa pele morena não é fantasia”

moana-brownface

A Disney normalmente vende muitos produtos todos os anos.

Porém, uma vestimenta de Halloween lançada este ano tem gerado insatisfação na população polinésia: a fantasia de Maui para crianças. Consiste em uma roupa marrom (cor da pele dos moradores) de zíper com as tatuagens do semideus.

Os maoris estão preocupados que as fantasias sejam um início de uma modinha de apropriação das culturas polinésias. Eles também temem zombaria tal como aconteceu com os nativos americanos.

“A pe`a é uma tatuagem sagrada, e vender uma fantasia disso é ofensivo aos Samoa e outras culturas das Ilhas Pacíficas. NÃO ESTÁ OK” disse Kelly Davis.

Além disso, a Disney tem sido violentamente acusada de racismo. Uma mulher escreveu no Twitter:

Prezada #Disney, a nossa pele marrom não é uma fantasia. Saia daqui com essa porcaria. Atenciosamente, uma furiosa morena das Ilhas do Pacífico.

A questão seria que Disney sempre lançou fantasias; porém, pele morena nunca foi parte de uma fantasia. Acusam ser um exemplo revoltante de brownface, que é racismo contra pessoas de cor morena.

A Disney não respondeu às críticas nem tirou a mercadoria de sua loja online.

Será que as críticas são tudo isso mesmo? Disney racista e discriminadora, e Moana feminista? Isso tudo pode ser questionável. Porém, polêmicas à parte, nós aqui do eudesenho.com acreditamos que o filme nos fará conhecer mais um lugar incrível, com clima tropical, ilhas paradisíacas e uma cultura bem interessante.

Veja a seguir o trailer do filme:

FONTES: Brasil Post, Hugo Gloss, People, PAPELPOP, Capricho, AdoroCinema, Stuff NZ, Variety, Washington Post, Vogue
Compartilhe:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Luana Botelho Recent comment authors
  Subscribe  
Notify of
Luana Botelho
Visitante
Luana Botelho

Não acho que tem valor algum um filme fazer um povo ser reconhecido se esse povo não se reconhece naquilo que vê. Na era das mídias sociais, talvez a sociedade ocidental jure de pé junto que o mundo todo está apenas “querendo aparecer”, mas sabe… estão aí os polinésios mostrando que nem todos no planeta estão desesperados atrás de fama e projeção. Há valores humanos ancestrais mais profundos que guiam alguns povos, independente de essa ser a nossa realidade. Além do quê a Disney fatura muito dinheiro a cada filme e licenciamentos diversos com personagens do filme. Sinceramente, é muita… Read more »