Como divulgar seus desenhos

Aprenda a divulgar seus desenhos da maneira correta

Se você é desenhista, sabe que a grande dúvida de muitos bons ilustradores é descobrir a melhor forma de divulgar os desenhos.

E Outubro é mês de #inktober. Então, para falar sobre esse assunto, é importante pensar em

- Como criar um portfolio turbinado
- Três maneiras de divulgar os desenhos (o #inktober é uma delas)
- Quais materiais usar no #inktober
- O que nós estamos fazendo no #inktober
- [EXTRA] 5 em 7: O melhor método para divulgar os desenhos

Achou empolgante? Você não viu nada ainda. Então, #partiu ler:

Como criar um portfólio turbinado

Estas imagens dariam um bom portfolio pois os desenhos possuem muita personalidade

Lidando com a insegurança

Em primeiro lugar, algo extremamente comum é que os desenhistas tenham insegurança. No artigo "Três mentiras sobre ilustração digital que você deve esquecer agora", tem um dado (verdadeiro) que mostra que 9,3% dos entrevistados desistem do desenho por frustração.

E se a pessoa fica frustrada em ver seu próprio desenho, quem dirá mostrar! Não vou me aprofundar no assunto, porque já falamos sobre frustração no artigo "Vergonha de mostrar seus desenhos?" Porém, a verdade é que para ter um portfólio turbinado, você tem antes que acreditar no seu trabalho.

Uma dica para você criar um mindset de segurança para conseguir fazer seu portfólio é que você pense simplesmente no seguinte:

1. O lado bom do medo é que, geralmente, ele significa que tem total capacidade para fazer seu trabalho, mas apenas está se antecipando demais, criando problemas que só existem na sua cabeça - e não na vida real.
2. Você foi chamado para um reunião com o cliente? Isso significa que já tem meio caminho andado! Curtiram você pelo que você é. Por isso, seja quem você é. O seu cliente já gostou de você.
3. A entrevista serve para ele confirmar isso tudo. Não pense que é necessário possuir um portfólio gigante para que se interessem em seu trabalho.

Elementos principais e simples de um portfólio turbinado para divulgar os desenhos

Agora que falamos sobre insegurança, vamos direto ao ponto, isto é, como criar um portfólio turbinado. Para ficar mais fácil, vamos fazer uma lista de regrinhas básicas que vão diferenciar você dos famosos "sobrinhos", e cativar seus clientes:

1. Imagem à primeira vista é tudo. Por isso, ajunte os seus trabalhos mais feras, com a melhor qualidade. Nada de exercício, marca de borracha ou folha amassada!
2. Escolha o seu segmento. Decida exatamente o que é que você quer e foque seu trabalho naquela área. Por exemplo.Se você trabalha em quadrinhos, seu portfólio será composto por quadrinhos, e você irá procurar empresas que trabalham com quadrinhos. Falamos mais sobre isso mais para frente, em divulgação 5 em 7.
3. Conte uma história através de cada desenho. Crie um clima, uma pose massa. Não faça um desenho qualquer. Como Walt Stanchfield diz no livro Drawn to Life, "desenhe verbos, não substantivos". É legal, porque depois você pode explicar o seu processo criativo na entrevista com o diretor de arte.
4. Qualidade > quantidade. Coloque seus 10 melhores trabalhos. As reuniões são rápidas, e se você trazer 159683147 desenhos, o diretor pode dizer que não precisa de você... por não querer ver mesmo.

Tem um livro que eu recomendo. É só ir no fim do post.

Três maneiras de divulgar os desenhos

Você pode divulgar os desenhos em centenas de lugares. Fique livre para usar todas as social media e enlouquecer. Ou... faça o que os experts do mercado ensinam e foque-se em um ou dois meios.

Os meios que vamos citar aqui não são necessariamente os melhores, nem os únicos. Apenas três exemplos que numericamente são eficientes, ou seja, funcionam bem, e, dessa forma, facilitar a sua vida.

1. Instagram

Hashtag 

#

Hashtag. Guarde essa palavra.

Por quê? É porque o que faz o Instagram talvez o meio mais sensacional para a visibilidade de artistas hoje em dia são, justamente, as hashtags.

Foram elas que tiraram das profundezas do anonimato milhões de usuários. Foi por causa delas que o termo selfie viralizou. Foi por causa dela que a #inktober virou um fenômeno internacional (perdão pelo spoiler, mas falo mais para frente). Enfim, elas democratizaram a fama... de graça.

Pelo menos até o momento em que este artigo está sendo escrito, você não paga nada para que um post seu fique no topo da página cronológica de determinada hashtag. Eu sei que o foco hoje é posts por importância, mas, na página, a cronologia não deixou de funcionar.

Sendo assim, poste seus desenhos ou vídeos curtos no Instagram e utilize hashtags populares em português ou inglês, tais como

#art (195 milhões de publicações)
#drawing (61,1 milhões)
#draw (24,8 milhões de publicações)
#sketch (36,3 milhões de publicações)
#illustration (32,6 milhões de publicações)
#painting (27,2 milhões de publicações)
#artoftheday (7,4 milhões de publicações)
#arte (13,2 milhões de publicações)
#desenho (1,9 milhão de publicações)
#pintura (1,3 milhão de publicações)
#ilustração (402,9 mil publicações)

Outra utilidade excelente do Instagram é que ele sugere outros perfis incrivelmente similares ao da pessoa que você está seguindo. As Sugestões costumam aparecer automaticamente. Caso contrário, é só clicar na seta para baixo ao lado de "seguir".

divulgar os desenhos
Apesar de você não ter tanto controle dessa funcionalidade, o lance dela é que essa é mais uma forma de o Instagram popularizar monstruosamente ainda mais artistas, que provavelmente ficariam obscurecidos entre milhões e milhões de usuários.

Cara, e como é lindo você escrever #art no Instagram e ver tantos artistas de tantos países diferentes. Você ganha bastante cultura em menos de 10 segundos!

Dica de leitura: no fim deste artigo, tem um link para um infográfico do meu amigo Henrique Carvalho, do Viver de Blog, sobre Como Usar o Instagram para Alavancar Seus Negócios. Só não colocamos o infográfico aqui porque iria ocupar muito espaço.

2. Facebook

Você já deve ter visto, em várias páginas do Facebook sobre desenho, pesssoas postando desenhos próprios como comentários. E, quando a publicação viralizou, você chega a ver 20, 100, 500 curtidas ou até mais, mesmo sendo apenas um comentário.

Isso é uma estratégia de divulgação? É claro que é! Eficiente? Não muito, mas vale. Mesmo não sendo o ideal, postar desenho nos comentários conta também.

E hashtags? Diferentemente do mestre das hashtags, o Instagram, o Facebook ainda não é muito bom para o uso delas não. Especialmente, se você tiver uma página. Há muitas falhas, e a fome por dinheiro faz com que o Facebook limite o alcance de todas as publicações a menos de 5% dos seus seguidores.

Isso quer quiser que, se você não pagar, 95% dos seus seguidores simplesmente não irão sequer receber uma publicação nova sua. Além do mais, quanto mais hashtags, menor ainda é o alcance. Enfim, é horrível.

Porém, o Facebook é a maior rede social do mundo, com 1,7 bilhão de usuários, e a mais usada no Brasil. Sendo assim, ignorá-lo totalmente chega a ser burrice, porque, se você quer encontrar gente, lá é um dos melhores lugares. Até por isso está na lista. E nós mesmos, da Eudesenho, usamos o Facebook.

3. #inktober

Outubro é a hora ideal para divulgar os desenhos porque é quando acontece o Inktober. Se você não sabe o que é isso, continue lendo para ficar por dentro.  Porém, antes de mais nada, Inktober vem de ink (tinta) + October (Outubro). O próximo tópico fala só sobre o Inktober.

Existem vários outros movimentos que também estimulam hábitos, tais como:

- Outubro Rosa: motivar as mulheres a fazerem o exame de câncer de mama;
- Novembro Azul: encorajar os homens a fazerem o exame de próstata;
- Sketchember: um Inktober de Setembro;
- NaNoWriMo: animar escritores a escreverem um romance inteiro em apenas 30 dias, no mês de Novembro.

Toda vez que você ouvir falar de um movimento que viralizou, faça parte também, porque isso vai trazer visibilidade ao seu trabalho, ajudando você a divulgar os desenhos.

Inktober
divulgar os desenhos

O que é o Inktober?

O Inktober foi um desafio que o desenhista Jake Parker fez consigo mesmo em 2009. Procurando melhorar suas habilidades com desenho à tinta (ink significa tinta), ele teria que fazer um desenho por dia, todos os dias de Outubro. Por isso, o lema é "31 dias, 31 desenhos".

Vendo que sua técnica foi evoluindo, ele estabeleceu o mês de Outubro de cada ano desde então para se dedicar à sua paixão por desenho à tinta.

No primeiro ano, cerca de 10 pessoas se envolveram. Então, eu fui fazer uma pesquisa rápida pela hashtag #inktober, e vi a seguinte quantidade de posts:

Instagram = 2.591.144 posts (ontem = 2.524.113)
Youtube = 1190 (ontem = 1150)

Com esses números já dá para ter uma boa ideia do crescimento do engajamento ao longo dos últimos 7 anos. Sendo assim, não é só uma boa, mas sim uma ótima aproveitar o movimento e entrar nessa onda. Além de conhecer de artistas por todo o planeta, pessoas do mundo inteiro podem conhecer você.

E detalhe: o que fez os números crescerem tanto foi a popularização do uso das Hashtags. Assim, novamente, é fundamental que você use hashtags no Instagram se você quiser que o seu trabalho seja visto.

Lembra da qualidade do portfólio, porque, se no seu Instagram, canal do Youtube ou até mesmo no Facebook tem outros bons conteúdos, você vai segurar ainda mais o público.

Eles queriam ver só um rabisco do Inktober, mas acabam conhecendo as outras coisas mais elaboradas que você produziu. Legal, não é?

Como participar do Inktober?

E para participar... a regra é que você tem que fazer desenho à tinta. Fora isso, não tem regra, e os desenhos são livres e sem perfeccionismo.

Todo mundo que quiser pode entrar; basta usar a hashtag #inktober no post e pronto.

Por quê o inktober é bom?

- Melhora da habilidade individual com o desenho à tinta
- Estimula da criatividade
- Expõe o trabalho de artistas pelo mundo todo
- Estimula o desenvolvimento do hábito de treinar desenho

Estimular o hábito de desenhar é, na verdade, o principal objetivo do Inktober. E como 30 dias é um número bom para criar um novo hábito - e um conjunto de hábitos define a sua rotina - esse objetivo acaba sendo cumprido de uma forma mais fácil.

Precisa de ser todo dia?

A consistências é super importante, senão o objetivo não é alcançado. Entretanto, Jake Parker sugere três percursos:

- Maratona = um desenho todos os dias.
- Meia-maratona = um dia sim, um dia não.
- Corrida dos 5 km = uma vez por semana.

Qual material de desenho utilizar para criar os desenhos no Inktober?

Como diz Jake Parker, ferramentas de pinturas. Ou seja, sendo ink, vale. Pode ser caneta esferográfica, marcadora ou sumi-ê, por exemplo. Para dar uma direção a você, seguem algumas sugestões de materiais que você pode usar para criar os desenhos para a Inktober:

1. Fude pen

caneta-pincel-material-de-desenho

2. Copic Multiliner
divulgar os desenhos

3. Caneta esferográfica
divulgar os desenhos

No fim deste artigo, tem um link para você saber quais são TODOS os materiais que eu uso (e olha que não é tanta coisa não) e onde comprá-los.

O que nós estamos fazendo na Inktober

Como o certo é falar e fazer, fique tranquilo: tudo o que a gente está recomendando a você aqui, a gente faz. Sendo assim, você está recebendo o que realmente dá certo.

Enfim, acompanhe o insta @ivanquerino e você verá que a nossa equipe está dentro Inktober, em uma meia-maratona. Veja só alguns desenhos postados:

 

#inktober #sketch #eudesenho

Uma foto publicada por Ivan (@ivanquerino) em

 

#Pinktober + #outubrorosa =....

Uma foto publicada por Ivan (@ivanquerino) em

[EXTRA] 5 em 7: O melhor método para divulgar seus desenhos

Como prometido, lá vai um bônus no post para você: 5 em 7. Este é o método mais eficiente para você divulgar os desenhos e conseguir clientes de forma garantida.

Ele é composto por três passos, identificados pelo acrônimo PEM:

P - Pesquisa

Nesta etapa, você irá procurar os dados de localização dos seus clientes. Um jeito fácil é procurar em livros ou escrever no Google "agência de publicidade em [nome do estado]" - por exemplo, "agência de publicidade em Minas Gerais".

E - Envio

Com os nomes e endereços em mãos, envie seu portfólio para seus clientes.

M - Meta

Já disse a Sabedoria, "aplique em vários lugares e negócios diferentes". A etapa da Meta é quando você vai enviar seu portfólio para 5 possíveis clientes 7 dias por semana. Aí, você entende o nome "5 em 7".

Eu garanto a você que este método é infalível. E mais: 90 % NEM vai abrir o que você enviar! MAS, 10% podem ver. E, gostando de você, vão fechar com você. E indicar você para outros. E você vai ficar contente, alegre e próspero com isso.

Talvez, você não entenda o sentido do 5 em 7. Resumindo, se você enviar seu trabalho 5 em 7, você terá 150 prospectos por mês. Portanto, é uma questão de plantar e plantar, porque você não sabe qual pé de milho vai dar mais espiga.

[EXTRA SURPRESA] Um método pra aprender a desenhar e começar agora



Clica nessa imagem aí em cima pra assistir uma aula online totalmente grátis de desenho com Ivan Querino, não tem como não aprender!

Conclusão - Leituras e Links Recomendados

Do que o artista precisa de abrir mão. <<< COMECE LENDO O PRIMEIRO
Como vender seus desenhos.
Como turbinar seu portfólio.
Quais são os materiais de desenho que eu uso e onde comprá-los.
Vergonha de mostrar seus desenhos?
Três mentiras sobre ilustração digital que você deve esquecer agora.
Livro Drawn to Life, de Walt Stanchfield.
Como Usar o Instagram para Alavancar Seus Negócios, do Viver de Blog.
Fonte de consulta:

Compartilhe:
  • Tavito

    Ótimas dicas!

Paste your AdWords Remarketing code here